Bros Moto Clube - PE: Outubro 2012

sábado, 6 de outubro de 2012

Nova Honda CRF 250L

A Honda CRF 250L já está à venda na Europa. Prometida para este ano, ainda não chegou. Mas a pergunta é a seguinte: com a ressureição da Falcon NX4i, quando esta moto chegar, terá lugar ainda pra XRE 300?
  

No final dos anos 70, foi lançada a XL250S, uma moto que permitia uma utilização genuína na estrada e oferecia excelentes performances fora-de-estrada. Toda a gama XL que se seguiu tornou-se lendária, provando que a junção de um motor monocilíndrico, a quatro tempos, económico e fácil de utilizar com um quadro competente originava uma moto útil, versátil e divertida. O departamento de Pesquisa e Desenvolvimento da Honda ponderou e discutiu a criação de uma nova moto de utilização mista. Os engenheiros que desenvolveram a nova plataforma de utilização mista da Honda sempre olharam para ela numa perspectiva global, uma moto para todo o mundo. Talvez mais importante, e uma força motivadora, para os engenheiros trabalharem de forma exaustiva para produzirem uma moto tão multifacetada, foi produzir algo que pudesse ligar muitas pessoas à Honda e ajudá-las a realizar os seus sonhos de uma forma que só uma moto consegue. Essa moto é a CRF250L.




A CRF250L é uma moto de utilização mista. As suas dimensões, ergonomia, baixo peso, forquilha Showa USD, de 43 mm e longo curso, e suspensão traseira Pro-link dão-lhe um à vontade igual em estrada e fora dela. 



A frase-chave usada durante o desenvolvimento da CRF250L foi: "tornar a utilização em estrada' (no dia-a-dia de trabalho) mais funcional e em fora-de-estrada (fins-de-semana) mais agradável!" Com a versatilidade exigida pela CRF250L desde o princípio, foi desenvolvido um novo quadro construído em aço. Com uma secção de dupla trave oval e o berço semi-duplo fornece a resistência necessárias para uma utilização fora-de-estrada. O sub-quadro esguio, realizado em aço de secção redonda é aparafusado ao quadro principal e suporta o peso de dois adultos mais 5 kg de carga.




A fabricante japonesa ainda ressalta que sua nova trail, rodando a uma velocidade de 60 km/h, chega a fazer 44 km/litro de combustível – um consumo que impressiona. Outra informação que chega através da Honda é a sua campanha de divulgação da CRF 250L no Japão, onde o conceito de on/off road é destacado, salientando que a nova moto é boa para o dia a dia, mas também uma ótima companheira do fora de estrada nos finais de semana.


Mesmo com as novidades do novo modelo ainda fica uma dúvida: a CRF 250L irá desembarcar no Brasil? E irá agradar os consumidores? Tudo indica que o mercado comporta um modelo com essas características e que devemos ver a nova CRF 250L em breve.